Home Empresa Produtos Galeria de fotos Localização Fale conosco
 
Adsorvente de Micotoxinas
Amiréia
Bicarbonato de Sódio
Carbonato de Cálcio
Caulim
Cloreto de Potássio
Enxofre
Farinha de Ostras
Fosfato Bicálcico
Gordura Protegida
Iodato
Melaço
Monensina Sódica
Óxido de Magnésio
Óxido de Zinco
Probiótico
Sal Moído
Salinomicina
Selenito
Sulfato de Amônia
Sulfato de Cobalto
Sulfato de Cobre
Sulfato de Ferro
Sulfato de Manganês
Sulfato de Zinco
Uréia
Uréia Pecuária
Uréia Protegida
Virginiamicina

Detalhes do produto
 
Selenito
A forma mais usual de suplementar selênio é pelas misturas minerais, de maneira que forneça a concentração de 0,1 a 0,2 mg/kg para o consumo diário da mistura. Os sinais clínicos da deficiência de selênio em ruminantes são: falta de vitalidade, crescimento retardado (na forma subclínica) e morte súbita, por causa da necrose do miocárdio. O sintoma característico da deficiência grave de selênio em bezerros e cordeiros é a "doença do músculo branco", uma mionecrose dos músculos das extremidades. A deficiência do Se está também relacionada à infertilidade, aborto, retenção de placenta e nascimento de bezerros fracos ou natimortos, embora o mecanismo patológico desses processos ainda não seja conhecido (Graham, 1991). Smith et al. (1988) recomendam que a concentração de Se seria no mínimo de 0,2 mg/ml no sangue total e 0,07 mg/ml no plasma, para vacas leiteiras. Apresentação caixas com 6 kg e embalagens de 25 kg.
   


 
Rua Jarauçu, 343 - Jardim Columbia CEP 79018 - 140
Tel. (67) 3325-8443 / 99912-2730 | E-mail: nutrimix@nutrimixms.com.br
Campo Grande - MS / Desenvolvido por EquipeA.com.br